BLOG  
RADIADOR: Carros modernos ainda pedem certos cuidados. Dicas

RADIADOR: Carros modernos ainda pedem certos cuidados.

Publicado em 07 de Nov de 2016

Quando se fala em manutenção, quase ninguém lembra do radiador. Nos carros modernos, o radiador faz parte de um sistema de arrefecimento selado, o que eliminou o excesso de cuidados que ele exigia no passado. Por ser mais sofisticado, porém, quando dá problemas, o conserto pode ser bem caro.

A manutenção básica nesse caso é a checagem periódica (quinzenal ou mensal) do nível do líquido de arrefecimento, formado por água desmineralizada e um aditivo que aumenta o ponto de ebulição e protege o selo da bomba d’água. Tudo tem de funcionar perfeitamente, pois um simples vazamento pode fundir o motor.

Também vale ficar de olho na cor do fluido. O carro vem com um aditivo que em geral é vermelho ou verde. Se a cor mudar, variando para o marrom, é sinal de corrosão no sistema. É verdade que a maioria dos motores tem bloco de alumínio, mas a bomba d’água pode ter componentes que oxidem. A alteração da cor também pode revelar que o líquido não está na composição correta. Daí é hora de ir à oficina!

O sistema de arrefecimento de todo automóvel é fechado e não admite variações. Se houver, é porque deve ter vazamento. Peça ao mecânico para fazer testes para descobrir por onde o líquido está escapando. As braçadeiras podem não estar bem fixadas ou as mangueiras podem apresentar furos ou rachaduras.

Para manter tudo em ordem, é recomendável substituir o líquido de tempos em tempos. Um bom intervalo é a cada dois anos ou 70.000 km. Isso garantirá ao radiador uma vida longa e a você, tranquilidade no dia a dia. #DicaDoJunin #LoucosPorCarros

VAMOS COMPARTILHAR?